INADIMPLÊNCIA Número de exclusão ao SCPC surpreende em Bastos
03/09/2019
Lojas do comércio da cidade de Bastos estão se precavendo contra a inadimplência registrando dívidas no SCPC
Dados apresentados pelo Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC) da Associação Comercial e Industrial de Bastos chamam a atenção para a quantidade de exclusões que aconteceram nos oito primeiros meses do ano, chegando a 30% a mais em igual período do ano passado. “Isso quer dizer que mais pessoas estão deixando o nosso banco de dados e tendo condições de novamente a comprarem pelo crediário”, explicou o presidente da associação comercial local, José Claudio Caldeira, ao observar os 411 consumidores que voltaram a ter crédito nas lojas do comércio varejista do Brasil, diante dos 316 registrados no ano passado. “Isso é um bom sinal para as lojas da cidade”, disse ao ressaltar que essas pessoas deixaram de ter restrição cadastral em qualquer loja do território nacional. “Nosso sistema é nacionalizado, e uma vez com débito em Bastos, passa a ter restrição em todo o País”, explicou.
 
O que chama a atenção nos dados mensais apresentados pelo SCPC da associação comercial de Bastos é que em todos os meses deste ano os números foram superiores ao comparativo com o ano passado, tendo o mês de Março como o maior deles (somou 63% a mais), enquanto que o mês de Janeiro foi o menor de todos com apenas 13% a mais que o comparativo com os dados de 2018. “Infelizmente as inclusões não seguem o mesmo comportamento”, acrescentou Alessandra de Oliveira Segura Pereira, gerente administrativa da associação comercial de Bastos, ao observar a estatística mensal do órgão de consulta de crédito local. “Este ano a elevação nas inclusões chegaram apenas a 6%”, anunciou a gerente em tom de surpresa e verificar os 227 CPFs inclusos, diante dos 219 do ano passado. “Em Janeiro deste ano foram 124% de aumento, o que é normal, pois, ainda reflete as vendas do Natal”, explicou a dirigente bastense ao notar a queda acentuada no mês de Julho, de 47%, o que é considerado normal diante do período de vendas no comércio em geral. “Mas não tanto assim”, disse surpresa com os números em mãos.
 
De acordo com José Claudio Caldeira é de fundamental importância que o comerciante em geral faça a inclusão dos débitos no sistema de consultas para que a inadimplência não cresça. “Quando o lojista registra o débito, isso faz com que o outro comerciante evite ter dívidas, e assim um ajuda o outro”, comentou o presidente ao sugerir o hábito de consultas antes de vender pelo crediário. “Uma vez no banco de dados do SCPC o devedor passa a ter dificuldades de comprar pelo crediário em todo o território nacional”, comentou o presidente da associação comercial de Bastos ao lembrar que o sistema é simples, prático e funcional para consultar através de aplicativo, telefonia, internet e atendente. “Não existe dificuldade seja para incluir, excluir ou consultar”, garantiu José Claudio Caldeira ao destacar a eficiência do serviço gerenciado pelo parceiro da associação comercial, a Boa Vista Serviços, que garante a eficiência e a eficácia do sistema de consulta.
FOTOS
ACIB ASSOCIADOS BENEFÍCIOS CALENDÁRIO EVENTOS NOTÍCIAS CONTATO
Copyright © | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS