Lojas em Bastos abrem dia 09 e fecham no dia 22
05/07/2019
Presidente da associação comercial, José Claudio Caldeira, explica a troca do feriado por causa da Festa do Ovo
As lojas do comércio da cidade de Bastos estarão abertas no próximo feriado estadual do dia 9 de julho, quando é celebrado o aniversário da Revolução Constitucionalista, na terça-feira, no período das 8 as 18 horas, conforme o calendário de funcionamento do varejo decidido na Associação Comercial e Industrial (ACI) de Bastos. Em compensação, no dia 22, segunda-feira, as lojas estarão fechadas, em virtude do grande movimento proporcionado pela tradicional Festa do Ovo, que acontece nos dias 19, 20 e 21. “No ano passado já aconteceu essa troca e funcionou muito bem”, disse o presidente da associação comercial bastense, José Claudio Caldeira, ao destacar esta particularidade do comércio da cidade. “Não se trata de um funcionamento normal no feriado, mas sim a troca de uma folga de trabalho”, comentou.
Há 60 anos a Festa do Ovo acontece e mais de 60 mil pessoas são esperadas na cidade, que certamente movimentarão a economia local nos três dias de festas. “Toda segunda-feira a cidade está cansada, sem consumidor e diante do comércio intenso no final de semana dentro da feira”, disse o dirigente ao justificar a troca do feriado por um dia de trabalho. “Dia 9 de julho é um feriado estadual, e a troca foi bem recebida por comerciantes e consumidores”, falou com naturalidade ao apontar o calendário que marca dia normal de trabalho na terça-feira, dia 09 de Julho, e fechamento das lojas na segunda-feira, dia 22, após a Festa do Ovo, que marca ainda os dias 19 e 30, com abertura as 9 horas, também como compensação dos horários trabalhados. “Inclusive no dia 20, sábado, o funcionamento do comércio é das 9 as 17 horas, exatamente por causa da Festa do Ovo”, reforçou o presidente da associação comercial bastense que é favorável a festa e os dias de funcionamento do comércio varejista.
Outro aspecto ressaltado pelo dirigente de Bastos é que feriado na segunda-feira é menos prejudicial ao comércio em geral. “Numa terça-feira, como este ano o 9 de julho, coloca em risco o movimento do comércio da segunda-feira, já que muita gente viaja e estende o feriado para dois dias”, comentou José Claudio Caldeira que tem conversado com um grupo de comerciantes e que a maioria concorda com a troca, da forma como está sendo. “Esse comportamento é recente e no ano passado foi interessante”, recordou. “Vamos deixar para o futuro a discussão do feriado quando for no sábado ou domingo, se haverá o fechamento das lojas na segunda-feira, de qualquer maneira, após a festa”, falou ao considerar desnecessário, pois, nestes dois casos não seria compensação.
Para o presidente da associação comercial a Festa do Ovo é benéfica para o comércio da cidade, pois, existem shows musicais programados atraindo um público bem variado, com destaques para a cultura japonesa – com apresentações de artistas, grupos de danças folclóricas e grupos de taikô – além de grandes nomes do cenário nacional. “É um evento para um público bem diversificado, não só para avicultores, empresários ou até mesmo visitantes em geral”, disse o dirigente que sugere uma participação superior a 50 mil pessoas nesta festa que é considerada internacional, afinal, atrai visitantes de outros países. “A festa chegou a atrair mais de 70 mil pessoas”, recordou o presidente da Acib, ao lembrar que o evento extrapolou as fronteiras da Alta Paulista e, além de turistas de todo o Brasil (como Espírito Santo, Minas Gerais, Maranhão e Belo Horizonte), recebe também visitantes de países vizinhos como Paraguai e Venezuela.
FOTOS
ACIB ASSOCIADOS BENEFÍCIOS CALENDÁRIO EVENTOS NOTÍCIAS CONTATO
Copyright © | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS