Dirigente festeja crescimento de 1,4% na quinzena de Junho
21/06/2019
Movimento nas lojas de Bastos mostram melhoras, conforme pesquisa da ACSP
O presidente da Associação Comercial e Industrial (ACI) de Bastos, José Claudio Caldeira, considerou como oportuna, a informação de que o varejo paulista cresceu em média 1,4% na primeira quinzena de junho de 2019, frente ao mesmo período de 2018, de acordo com o Balanço de Vendas da Associação Comercial de São Paulo (ACSP). A média resulta das altas de 2% do sistema a prazo e de 0,8% do sistema à vista. “Apesar da circunstância que estamos vivendo com as indefinições políticas e econômicas, qualquer crescimento é bem vindo”, festejou o dirigente bastense, que está esperançoso com o inverno. “Nesta época do ano, quando acontece o frio, as vendas sempre melhoram”, lembrou o dirigente um pouco inseguro quanto as condições climáticas. “Está um pouco estranho, mas acredito que o frio deve acontecer”, acredita o dirigente.
Para o presidente da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), Alfredo Cotait, esse crescimento está atrelado diretamente a mudança de estação, que causa sempre uma expectativa positiva aos consumidores. “Esse crescimento tímido do comércio no início de junho, em parte, pode estar atrelado às temperaturas, que estão mais altas do que há um ano, inibindo as vendas de roupas e calçados da moda Outono-Inverno, cobertores, aquecedores”, falou ao ficar na expectativa de índices positivos, também para a segunda quinzena. “Por outro lado, o inverno começou dia 21 de junho; a partir daí o frio deve vir e, com ele, compras típicas da época”, falou o dirigente paulistano. 
Na comparação com a primeira quinzena de maio de 2019, as vendas subiram em média 20,1% na primeira quinzena de junho, em função do dia útil a mais em junho e do resultado fraco das vendas de Dia das Mães em maio, quando o consumidor priorizou itens de menor valor. O Balanço de Vendas é elaborado pelo Instituto de Economia da ACSP com base em amostra da Boa Vista SCPC. “Esses números mostram uma tendência, e ajudam no planejamento da empresa”, defende José Claudio Caldeira, ao acompanhar os índices divulgados pela Facesp no sentido de preparar o empresário para o que pode acontecer no futuro. “Nos dias de hoje a informação é uma aliada importante, mostrando o que pode e o que não pode acontecer, de acordo com os comportamentos”, defende o dirigente de Bastos.
HORÁRIO NO COMÉRCIO – O presidente da associação comercial de Bastos explicou que nos dias 24, 25 e 26, as lojas do comércio da cidade abriram as 9 horas, com encerramento as 18 horas, conforme o combinado de acordo com a compensação do horário de trabalho dos comerciários, devido aos feriados e horário especial de atendimento neste mês de junho de acordo com o Dia dos Namorados com funcionamento até as 22 horas no dia 11 de junho, e os feriados do aniversário da cidade (18) e Corpus Christi (20), que foram os diferenciais neste mês, por serem em dias considerados úteis. “Este ano o mês de junho foi atípico”, falou ao acreditar no movimento médio mensal mantido, com as mudanças nos horários. “Precisamos nos adequar com a realidade de momento”, defendeu.

FOTOS
ACIB ASSOCIADOS BENEFÍCIOS CALENDÁRIO EVENTOS NOTÍCIAS CONTATO
Copyright © | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS