Associação Comercial apoia evento que comemora 60 anos
11/06/2019
O vice-presidente da Facesp, Marco Bertaiolli recebendo o convite para participar da Festa do Ovo, em Bastos
A diretoria da Associação Comercial e Industrial (ACI) de Bastos está apoiando a realização da 60ª Festa do Ovo de Bastos, que acontecerá no período de 18 a 20 de julho, nas dependências do Recinto de Exposições Kisuke Watanabe, em Bastos (SP), numa realização do Sindicato Rural e Prefeitura Municipal de Bastos, com a participação do Nikkey Clube da cidade. “Uma festa tradicional e tida como um destaque nacional para o nosso município”, falou o presidente da associação comercial bastence, José Claudio Caldeira, ao entregar pessoalmente ao Vice-Presidente Executivo da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), Marco Aurélio Bertaiolli, o convide para participar da cerimônia de abertura, bem como conhecer e visitar a feira que terá a cerimônia de abertura oficial no Recinto de Exposições com várias atrações, incluindo a cerimônia do chá; exposição Agro-Avícola, Industrial e Implementos; exposição de Pintura e Feira do Verde. “Durante os três dias, o público poderá conferir atividades como a Corrida da Festa do Ovo e o Concurso de Maior Comedor de Ovos”, comentou o dirigente da associação comercial.

De acordo com José Claudio Caldeira para quem gosta de shows, a Festa do Ovo traz uma programação diversificada, com destaques para a cultura japonesa – com apresentações de artistas, grupos de danças folclóricas e grupos de taikô – além de grandes nomes do cenário nacional. “É um evento para um público bem variado, não só para avicultores, empresários ou até mesmo visitantes em geral”, disse o dirigente que sugere uma participação superior a 50 mil pessoas nesta festa que é considerada internacional, afinal, atrai visitantes de outros países. “A festa chegou a atrair mais de 70 mil pessoas”, recordou o presidente da Acib, ao lembrar que o evento extrapolou as fronteiras da Alta Paulista e, além de turistas de todo o Brasil (como Espírito Santo, Minas Gerais, Maranhão e Belo Horizonte), recebe também visitantes de países vizinhos como Paraguai e Venezuela.
A cidade é nacionalmente conhecida como “capital do ovo”, por produzir mais de 200 ovos por segundo – de acordo com dados do Sindicato Rural dos Produtores –, sendo responsável por 20% do mercado nacional e 75% do Estado de São Paulo. “Atualmente temos mais de 80 avicultores em atividades”, arrisca José Claudio Caldeira, ao lembrar que no auge da produção a cidade chegou a ter mais de 200 produtores. “A legislação e dificuldades com relação às exigências do SIF – Serviço de Inspeção Federal obrigou a muitos produtores se adequarem”, recordou o presidente da associação comercial de Bastos, ao lembrar que a Festa do Ovo nasceu em 1948, quando a comunidade japonesa local comemorava o 20º aniversário de Bastos. “No início era chamada de “Nyushokussai” e concentrava-se no dia 18 de junho, dia oficial da fundação do município, sendo realizada a cada cinco anos”, disse o dirigente ao recorrer aos documentos históricos. “Com o passar do tempo a festa foi ficando muito conhecida na região e ainda nacionalmente, passando a ser realizada anualmente”, acrescentou.

FOTOS
ACIB ASSOCIADOS BENEFÍCIOS CALENDÁRIO EVENTOS NOTÍCIAS CONTATO
Copyright © | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS